Alfa Tuning América Latina: a fase Inovação Educativa e Social (2011-2013) procura continuar com o debate já iniciado a partir da primeira parte do projeto, levada adiante no período 2004-2007. O eixo da discussão se inicia a partir dos logros atingidos nas distintas áreas temáticas na primeira etapa, para seguir "sintonizando" as estruturas educativas da América Latina por meio de consensos, tendo como meta identificar e trocar informações, aprimorando a colaboração entre as instituições de educação superior, em prol do desenvolvimento da qualidade, efetividade e transparência do processo.

O Projeto é independente, impulsionado e coordenado por universidades de diferentes países, tanto latino-americanas como europeias. Participam mais de 230 acadêmicos e responsáveis de educação superior da América Latina (Argentina, Bolivia, Brasil, Colombia, Costa Rica, Cuba, Chile, Ecuador, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Nicaragua, Panamá, Paraguay, Perú, Uruguay y Venezuela), e Europa (Alemanha, Bélgica, Dinamarca, Eslovênia, Espanha, França, Grécia, Irlanda, Itália, Lituânia, Países Baixos, Portugal e Romênia), ficando agrupados em 16 redes de áreas temáticas e uma rede de Responsáveis de Política Universitária.